Postagem do artista em redes sociais sinaliza que um álbum de músicas inéditas pode apontar no horizonte em 2020 ou 2021.

Caetano Veloso afirma que os filhos Moreno, Tom e Zeca estarão presentes em um próximo trabalho do cantor Juliana Reis / Reprodução Facebook Caetano Veloso Caetano Veloso está há oito anos sem lançar um álbum de músicas inéditas.

O último álbum do artista no gênero, Abraçaço, foi editado em 2012.

Embora o cantor tenha acabado de lançar disco gravado em estúdio com o clarinetista Ivan Sacerdote, trabalho de tom revisionista disponível em edição digital desde 16 de janeiro, tudo indica que um álbum de músicas inéditas de Caetano pode apontar no horizonte neste ano de 2020 ou, no máximo, em 2021. “Voltei a compor, embora não estivesse planejando isso.

Muitas vezes pensava: já fiz tantas músicas, nem minha memória aguenta guardar novas.

Mas veio uma onda incontrolável dentro de mim.

Acho que foi desde que fiz Pardo para Céu”, anuncia Caetano nas redes sociais do artista, mencionando no texto a música que compôs para o quinto álbum da cantora paulistana, APKÁ! (2019).

Se esse inédito álbum autoral for concretizado, os filhos de Caetano – Moreno Veloso, Tom Veloso e Zeca Veloso – estarão envolvidos na gravação e/ou produção do disco, como dá a entender o próprio Caetano no mesmo texto.

“Fico tentando concluir canções, decidir modos de tratá-las, peço conselhos e ajuda a Zeca Veloso (sem dúvida ele, Moreno Veloso e Tom Veloso estarão presentes no que quer eu faça), consertar as que pensava já estarem prontas”, revela o compositor no mesmo texto postado nas redes sociais nesta segunda-feira, 17 de janeiro.