Ao G1, atriz de 'Salve-se quem puder' fala sobre sua personagem Kyra e explica o motivo de deixar a vida pessoal de fora das redes sociais.

Vitória Strada emenda terceira protagonista em novelas e diz: 'Me vejo amadurecendo muito' Três anos, três novelas, três protagonistas.

Desde que estreou na TV em 2017, Vitória Strada já assumiu três projetos no tão sonhado papel principal.

Após "Tempo de amar" (2017) e "Espelho da vida" (2018), a atriz gaúcha é destaque em "Salve-se quem puder" e leva com leveza o posto de protagonista: "Não me coloco em um lugar.

Eu entrei aqui sem entender o que era a dinâmica de TV.

Eu não tinha noção.

Eu tinha um sonho, tinha muita vontade e tinha uma oportunidade que eu agarrei.

Qualquer desafio que me dessem eu ia agarrar." "Eu não sabia que ia ter que gravar 20 cenas por dia.

Não sabia se ia ter que me atirar num tanque e nadar ou o que eu ia ter que fazer.

Eu só sabia que estavam me dando a oportunidade de contar uma história, de atuar e eu agarrei.

Me coloquei pronta para qualquer coisa, pra encarar qualquer coisa”, conta ao G1.

"Eu me vejo amadurecendo muito." Vitória Strada é Kyra/Cleyde em "Salve-se quem puder" João Miguel Júnior/Globo A atriz também falou sobre a conexão que tem com suas personagens a partir do momento que assume determinado papel.

"Testo essa coisa da Kyra de ser atrapalhada.

Eu acho que eu não saberia ficar séria e só entrar em cena e fazer.

Acho que eu acabo me envolvendo muito." O envolvimento é tanto que Vitória acaba compartilhando pouco de sua vida pessoal nas redes sociais e deixando boa parte do espaço para seus projetos profissionais.

"Acho que é porque até agora não tive vontade de deixar minha vida pessoal ser maior do que minha vida no trabalho.

Nunca tive o sonho de ser famosa pela minha vida." Alexia (Deborah Secco), Kyra (Vitória Strada) e Luna (Juliana Paiva) em cena de "Salve-se quem puder" Paulo Belote/Globo Kyra X Vitória Em "Salve-se quem puder", Vitória é Kyra, uma garota romântica e um tanto atrapalhada, que planeja seu casamento como o grande sonho de sua vida. Com Alexia (Deborah Secco) e Luna (Juliana Paiva), vê sua vida mudar ao presenciar um assassinato em uma cidade que está prestes a ser atingida por um furacão.

Em um programa de proteção à testemunha, o trio precisa mudar de país, de identidade e de nome, passando a ser Cleyde.

Diferente de Kyra, Vitória não tem o sonho do casamento, mas se diz sonhadora "nesse sentido de encontrar uma pessoa e tentar fazer dar certo, tentar realmente conhecer aquela pessoa". "Acho que tem tanta gente que casa no papel, faz um casamento lindo, véu, grinalda, e não é feliz.

Meu lado sonhador está em outro lugar". Juliana Paiva: 'Possibilidade da morte te faz repensar vida' Deborah Secco diz que se inspirou em Claudia Raia Vitória Strada faz terceira protagonista seguida em novelas Victor Polak/Globo